BrasilDestaqueEconomiaGoiâniaGoiásManchetesMundoSaúde

Jornal Ver 7 – Opas defende isolamento social por mais 3 meses para conter Covid-19 nas Américas

A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) defende que o isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus ainda precisa durar de 2 a 3 meses em países da América. A declaração, dada em coletiva de imprensa virtual nesta terça-feira (31), foi da diretora da Opas, Carissa Etienne, que também é a diretora regional da Organização Mundial da Saúde para as Américas.

Carissa afirmou que a pandemia é séria e que o melhor momento para distanciamento social é agora, antes que hospitais fiquem lotados, a exemplo que ocorreu em outros países. Ela disse também que este momento exige dos chefes de Estado liderança com compaixão e ousadia.

Sonora: “O isolamento social e outras medidas preventivas agressivas continuam sendo nossa melhor opção para evitar consequências mais sérias da pandemia da Covid-19 em nossa região.”

A organização alertou mais uma vez que, apesar de muitos medicamentos estarem sendo testados em várias nações, ainda não há comprovação clínica segura do que seja adequado para o tratamento de Covid-19.

O médico Marcos Espinal foi enfático ao afirmar que a eficácia de nenhum medicamento está confirmada.

Sonora: “Existem testes clínicos com vários medicamentos que estão sendo realizados em vários países, antivirais e vacinas. Mas não temos ainda nenhuma evidência de aprovação de nenhuma vacina, nem medicamento que possa ser usado massivamente. No tratamento à Covid-19, não se demonstrou nenhuma prova clínica eficaz que funcione, por meio de um teste clínico seguro, a nenhum dos medicamentos.”

Sobre o pico de contágios da doença, a Organização Pan-Americana da Saúde informou que ainda não é possível saber como será a evolução da pandemia nos países da América.

A Opas também voltou a defender a importância da realização de testes em todo caso suspeito de Covid-19.

Tags
Mostre mais

# EBC

EBC

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar