BrasilDestaqueManchetes

Jornal de Goiás – Com quase 100% dos leitos ocupados, governo do RN vai renovar decretos que limitam comércio e lazer

Com quase todos os leitos de UTI para pacientes de Covid-19 ocupados na região Metropolitana do Rio Grande do Norte, o governo vai renovar os decretos que limitam atividades comerciais e de lazer, em todo o estado.

A informação foi confirmada nesta quarta-feira (3), pelo secretário adjunto de Saúde Pública do estado, Petrônio Spinelli. Segundo ele, a situação é preocupante, porque o número de casos confirmados vêm aumentando, conforme os suspeitos são testados.

A plataforma da Secretaria de Saúde, atualizada a cada cinco minutos, mostra que, na capital Natal e região metropolitana, quase 98% dos leitos de UTI estão ocupados, enquanto na região oeste, chegou à ocupação total. A situação chegou a ser classificada pelo secretário de Saúde do estado, Cipriano Maia, como “próxima ao colapso”.

Apesar disso, a taxa de isolamento está bem abaixo da recomendada pela Organização Mundial da Saúde, que é de 70%: somente 40% da população capixaba vem respeitando as recomendações de isolamento social.

Para aumentar essa taxa, as ações de fiscalização passam a ocorrer a partir desta quinta-feira (4), em cidades com altas taxas de contaminação por Covid-19 e de aglomeração de pessoas. É o que explica o secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, coronel Araújo Silva.

O secretário adjunto de Saúde do estado, Petrônio Spinelli, anunciou que, nesta quarta-feira, o estado já passava de 9 mil casos confirmados de Covid-19 e mais de 360 pessoas já haviam morrido em todo o estado. Segundo os integrantes do gabinete de gestão do coronavírus no Rio Grande do Norte, a única forma de não piorar e de reverter a situação é aumentando o isolamento social para conter o avanço dos contágios.

O secretário estadual de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, disse que o governo vem implementando ações junto com as prefeituras, mas que é preciso que a população colabore e não saia de casa sem necessidade.

Nesta quarta-feira, o estado do Rio Grande do Norte registrava 29 pessoas na fila de espera por um leito de UTI com respirador, na tentativa de sobreviver à Covid-19.

Tags
Mostre mais

# EBC

EBC

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar