BrasilDestaqueGoiâniaGoiásManchetesSaúde

Jornal Ver7 – Covid-19: São Paulo inicia vacinação de quem tem 41 anos

A estimativa é que haja 132 mil pessoas nesta faixa etária

A cidade de São Paulo começa a imunizar pessoas com 41 anos contra a covid-19 nesta segunda-feira (5) e segue até a quarta-feira (7). O público estimado para esta faixa etária é de  aproximadamente 132 mil moradores. O morador que fizer parte dos públicos elegíveis abertos anteriormente também poderá se vacinar.

Todas as vacinas disponíveis foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e são eficazes e seguras. Não há necessidade, nem possibilidade de escolher um imunizante específico.

Documentos necessários

Para garantir as doses à população da cidade de São Paulo, a Secretaria Municipal de Saúde reforça a obrigatoriedade de o cidadão apresentar no ato da vacinação um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome do munícipe, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil, como Registro Geral (RG), certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável.

preenchimento do pré-cadastro agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação. Basta inserir dados como nome completo, CPF (Cadastro de Pessoa Física), endereço, telefone e data de nascimento.

A lista completa de postos pode ser encontrada no site.

Mostre mais

# EBC

EBC. Os conteúdos publicados no Portal VER7 são de responsabilidade dos seus autores e não refletem necessariamente a opinião do veículo, sendo todo material de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores como textos e imagens.  É também assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional conforme o Inciso XIV do Artigo 5 da Constituição Federal de 1988.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo