BrasilDestaqueManchetesSaúde

Jornal de Goiás – Acaba lockdown em São Luís e nos municípios que formam a ilha

Com o fim das medidas mais rígidas de isolamento nas cidades que integram a grande Ilha de São Luis, no Maranhão, voltaram a valer, nesta segunda-feira (18), as mesmas regras do decreto editado antes do lockdown.

Não há mais o rodízio de veículos e a proibição de trânsito entre os municípios. Os ônibus voltaram a parar em todos os pontos e o ferry boat a operar normalmente.

Embora as regras estejam mais leves, o governo estadual reforçou que o isolamento social ainda é a principal arma para combater o coronavírus. Por isso, a recomendação é ficar em casa e só sair se for realmente necessário.

Durante o lockdown nas cidades de São Luís, Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar, houve uma diminuição de cerca de 80% no número de passageiros nos ônibus. O distanciamento social, segundo o governo, também provocou um achatamento na curva de contágio.

Em entrevista à Rádio Timbira do Maranhão, o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, disse que houve diminuição na busca por Unidades de Terapia Intensiva e por leitos nas Unidades de Pronto Atendimento.

Um estudo feito pelo matemático maranhense Paulo Silva, professor da Universidade de Campinas, aponta que o isolamento social poderá salvar 1.500 vidas em 14 dias no maranhão.

Continuam vetados, na Ilha de São Luís, estabelecimentos como academias, shopping centers, cinemas, teatros, bares, casas noturnas, salões de beleza e o atendimento presencial em restaurantes e lanchonetes.

O uso de máscaras permanece obrigatório em locais públicos e privados de uso coletivo.

Mostre mais

# EBC

EBC

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo