BrasilDestaqueEconomiaGoiâniaGoiásManchetes

Jornal de Goiânia – Declaração do IR deve ser enviada no prazo mesmo que depois precise retificar, orienta contador

O prazo de entrega da declaração do imposto de renda está terminando. E mesmo a sete dias do fim, ainda tem contribuinte que não conseguiu um tempinho para elaborar o documento. É o caso do jornalista Júlio Silva.

O limite para o envio da declaração é o dia 30 de junho. A data inicial, prevista para o final de abril, foi adiada por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus – e é uma nova oportunidade para os atrasados não se enrolarem com o Leão.

Mas, mesmo com um fôlego a mais, é importante não deixar para a última hora, porque podem surgir dúvidas. Caso isso ocorra, a primeira opção é acessar as perguntas mais frequentes, dentro do próprio aplicativo da Receita. Se isso não for suficiente para esclarecer, o contribuinte pode recorrer aos canais de atendimento no site da Receita. Mas se ainda assim a dúvida permanecer, pode ser necessária a ajuda de um profissional.

O contribuinte também precisa prestar atenção aos detalhes do que será declarado já que a mínima diferença em valores, mesmo que sejam por centavos, pode fazer com que a declaração caia na malha fina.

Também é importante se atentar ao tipo de tributação e escolher a mais viável: se por deduções legais – aplicadas a quem tem muitas despesas – ou se por desconto simplificado – calculado pela própria Receita Federal. O aplicativo informa a opção mais vantajosa, à medida que os dados da declaração são lançados. Essa escolha, no entanto, só é permitida para os documentos enviados dentro do prazo, como alerta o contador Jonathan Rodrigues.

Além de não poder escolher a melhor opção, perder o prazo de envio da declaração de Imposto de Renda gera multa, de no mínimo R$165. Então, para evitar transtornos, o contator orienta que a declaração seja enviada no prazo, mesmo que seja necessário retificar depois.

O último balanço divulgado pela Receita Federal, nessa terça-feira (23), revelou que o órgão já havia recebido mais de 22 milhões de declarações de Imposto de Renda. A expectativa é de que, até a data limite, sejam enviados 32 milhões de documentos.

Mostre mais

# EBC

EBC

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo