Goiás se torna sede da primeira planta da WeiChai na América Latina, em Itumbiara

A WeiChai Holding Group, reconhecida mundialmente por sua liderança na produção de motores e equipamentos agrícolas, deu início à instalação de sua primeira operação na América Latina, escolhendo Itumbiara, no sul de Goiás, para sua expansão. O governador Ronaldo Caiado celebrou a chegada oficial da empresa na região nesta quinta-feira, 08 de fevereiro, culminando um processo de negociação que teve início em setembro de 2023. Esta inauguração marca o primeiro passo de seis importantes empresas chinesas planejadas para se estabelecerem no estado.

A presença da WeiChai não apenas amplia o alcance internacional de Goiás, mas também destaca a cidade de Itumbiara como um novo centro de capacidade produtiva e inovação tecnológica para toda a América Latina. Como salientado por Caiado, a chegada da empresa transforma a dinâmica local e reforça a importância da tecnologia, pesquisa e inovação para o avanço econômico e industrial.

A instalação é facilitada através de uma parceria com a Stemac Grupos Geradores, uma empresa brasileira que importa motores da WeiChai e agora cederá parte de suas instalações para montagem e distribuição dos produtos chineses. Esta colaboração promete reduzir custos e otimizar a produção de geradores, além de garantir suporte técnico e disponibilidade de peças de reposição.

O plano futuro inclui a produção local de motores para atender não só o mercado brasileiro mas também exportações para toda a América Latina. Este projeto visa abastecer vários setores críticos, como mineração, agricultura e construção, segundo explicou Joel Sant’Anna Braga Filho, secretário da Indústria e Comércio.

Os líderes locais e parceiros comerciais expressaram entusiasmo com este desenvolvimento histórico, vendo-o como um marco significativo para a industrialização do estado de Goiás. A chegada da WeiChai, uma parte do grupo Shandong Heavy Industry e gigante industrial com uma receita anual de aproximadamente US$ 52 bilhões e operações em mais de 150 países, simboliza um avanço importante para a região.

Este empreendimento é o resultado de negociações estratégicas iniciadas em 2023, culminando na assinatura de um acordo após uma missão do governo à China. Além da WeiChai e da Chint Power, outras quatro empresas chinesas estão previstas para se estabelecer em Goiás, reforçando o estado como um ponto de referência global em tecnologia e inovação industrial.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo