ManchetesTocantins

Operação Vicinalis investiga fraudes em licitações de estradas no Tocantins

Operação Vicinalis investiga fraudes em licitações de estradas no Tocantins
5 (100%) 2 votes

Jornal VER7: 28 setembro 2017 – 15:08

Nesta quinta-feira (28/09) a Polícia Federal deflagou a Operação Vicinalis  com o objetivo de investigar os desvios de recursos públicos no governo municipal de Piraquê-Tocantins. As investigações deram inicio em 2017 com a apreensão de documentos de licitação para a contratação de uma empresa para fazer melhorias em estradas secundárias.

Mais de 40 policiais fizeram cumprir 22 ordens judiciais emitidas pelo Tribunal de Justiça do Tocantins, com 12 mandados de busca e 10 mandatos de condução coercivas – quando a pessoa é levada para dar depoimento – nas cidades de Piraquê, Araguaína, São Bento do Tocantins e Palmas.

Os mandatos foram cumpridos na Prefeitura de Piraquê e na residência do prefeito Eduardo Sobrinho, que deve ser levado a fornecer esclarecimentos.

No processo de licitação, a Polícia Federal encontrou indícios de direção de que as obras não foram executadas. As investigações indicaram que quase todo o valor contratado foi pago 12 dias após a assinatura do contrato. A polícia também descobriu que não tem laudos de medição necessários para a liberação de recursos.

Uma das estradas que receberiam obras de melhoria tem 9 km e dá acesso ao assentamento Tucurumim.

O nome da operação refere-se ao significado da palavra Vicinalis que se refere a uma estrada ou estrada que liga povoações próximas.

 

Tags: Tocantins, Manchetes

Related Articles

Deixe uma resposta

Close