DestaqueManchetesMundo

Jornal VER7 – Venezuela reivindicaram o status de refugiado, diz ONU

Um influxo de venezuelanos provocou tensões no Brasil, principalmente na cidade de Boa Vista, que recebeu 40 mil pessoas.

Cerca de 100.000 pessoas que fugiram da Venezuela reivindicaram o status de refugiado desde o início de 2017, disse a ONU na terça-feira, quando aumentou os planos de resposta para uma crise de deslocamento que provavelmente piorará.

A agência de refugiados da ONU disse que o número de venezuelanos que procuraram asilo disparou 2.000 por cento desde 2014, mas os aumentos mais dramáticos ocorreram nos últimos 14 meses.

Com a intensificação da crise econômica e política do país, o ACNUR elaborou um “plano de resposta regional que abrange oito países (em torno)”, disse a porta-voz Aikatarina Kitidi.

“Em vista da situação na Venezuela, é crucial que as pessoas não sejam deportadas ou retornadas forçosamente”, acrescentou.

Perguntado se a ONU recebeu relatórios de deportações ou retornos forçados, Kitidi não respondeu diretamente, dizendo que apenas a agência estava pedindo “solidariedade” entre as nações na região para responder aos venezuelanos com necessidade.

Um influxo de venezuelanos teria provocado tensões no Brasil, principalmente na cidade de Boa Vista, que recebeu 40 mil pessoas, aumentando sua população em mais de 10%.

Centenas de venezuelanos haviam dormido no chão por meses, enquanto usavam banheiros em estações de gás ou ônibus.

O ACNUR advertiu que um número crescente de venezuelanos, especialmente aqueles que vivem no exterior sem proteção legal, são “vulneráveis ​​à exploração, tráfico, violência, abuso sexual, discriminação e xenofobia”.

A agência da ONU não tem uma figura precisa para aqueles que fugiram da crise na Venezuela.

No que diz respeito apenas aos que apresentaram pedidos de refugiados, o ACNUR disse que o número ficou em 145.000 desde 2014 – mas 94 por cento desses créditos foram registrados desde o início de 2017.

Jornal VER7 – Venezuela reivindicaram o status de refugiado, diz ONU
5 (100%) 1 vote
Tags

# Talis

Talis é jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *