DestaqueManchetesMundo

Jornal VER7 – Forte tufão se agita em direção ao Japão

Prevê-se que a chuva e os ventos se intensifiquem à medida que o tufão se aproxima

Um poderoso tufão estava se aproximando do Japão na quarta-feira, levando a agência meteorológica a alertar sobre fortes chuvas e ventos fortes e forçando as companhias aéreas a cancelar vários vôos.

Espera-se que o tufão Shanshan se mova ao longo da costa do Pacífico a leste de Tóquio na noite de quarta-feira até a madrugada de quinta-feira, provocando temores de que a movimentada manhã de trabalho na capital possa ser interrompida.

O tufão estava chegando “muito perto da costa do Pacífico” no leste do Japão, com foco em Tóquio, e deve se deslocar para as províncias do norte no final da quarta-feira e no começo da quinta-feira, disse a agência meteorológica.

“Também há riscos de que isso possa acontecer”, afirmou, alertando que a tempestade poderá despejar 350 milímetros (14 polegadas) de chuva na região metropolitana de Tóquio nas 24 horas até o meio-dia de quinta-feira.

“Por favor, esteja totalmente alerta contra deslizamentos de terra, inundações em áreas baixas, inundações de rios, ventos violentos, ondas altas e marés altas”, disse a agência em um comunicado, pedindo que os moradores obedeçam a qualquer instrução de evacuação.

Na região de Chiba, a leste de Tóquio, as autoridades emitiram o aviso de evacuação de nível mais baixo para alguns moradores e conclamaram outros a ficarem de prontidão para as ordens de evacuação.

O governo local disse na noite de quarta-feira que não recebeu relatos de feridos ou danos estruturais relacionados ao tufão.

A tempestade, com velocidade máxima de 180 quilômetros por hora, foi estimada em 110 quilômetros a sudeste da cidade de Katsuura, em Chiba, às 13h (horário de Brasília), informou a agência meteorológica.

Com a chuva e os ventos esperados para se intensificarem durante a noite, as redes de televisão pediram aos trabalhadores de Tóquio que voltassem para casa mais cedo.

As companhias aéreas cancelaram vários vôos domésticos e internacionais de e para o aeroporto de Haneda, em Tóquio, e o principal aeroporto de Narita, a leste da capital.

O grupo ANA desmantelou 36 voos domésticos e internacionais de Narita para Xangai e Hong Kong.

O tufão é a última tempestade do Japão a sofrer uma onda de calor recorde e letal. Isto seguiu-se a fortes chuvas devastadoras nas partes centrais e ocidentais do país em julho.

As chuvas recordes causaram enchentes e deslizamentos de terra que mataram mais de 200 pessoas e devastaram o país.

Jornal VER7 – Forte tufão se agita em direção ao Japão
5 (100%) 1 vote
Tags

# Talis

Talis é jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *