Jornal VER7 – Ameaçados golfinhos do rio Camboja fazendo rebote “histórico”

conservacionistas têm novas esperanças para o futuro do golfinho Irrawaddy criticamente ameaçado.

A população do golfinho-do-rio criticamente ameaçado de extinção do Camboja está crescendo pela primeira vez em décadas, disseram as conservações na segunda-feira, apontando uma grande reviravolta para as espécies de água doce.

Os golfinhos Irrawaddy, conhecidos por suas testas e bicos curtos, uma vez nadaram por grande parte do rio Mekong, mas nas últimas décadas foram limitados a um trecho de 190 km do centro do Camboja até a fronteira norte com o Laos.

A população tem estado em constante declínio desde o primeiro recenseamento foi feito em 1997, caindo de 200 naquele ano para 80 em 2015 devido à perda de habitat e práticas de pesca destrutivas.

Mas novos nascimentos – incluindo três bezerros em 2018 – e um declínio nas mortes colocaram as espécies no caminho da recuperação.

O número de golfinhos no Mekong aumentou de 80 para 92 nos últimos dois anos, de acordo com uma pesquisa realizada pelas autoridades cambojanas e pelo World Wildlife Fund (WWF), que chamou a recuperação de um “aumento histórico”.

“Depois de anos de trabalho duro, finalmente temos razão para acreditar que esses golfinhos icônicos podem ser protegidos contra a extinção”, disse Seng Teak, do WWF-Camboja.

O grupo atribuiu a reviravolta ao trabalho das equipes de patrulha fluvial e à remoção de redes de emalhar ilegais – redes de pesca de malha vertical deixadas na água por longos períodos e que podem aprisionar e afogar golfinhos.

Operadores de barcos turísticos também foram saudados como um “ingrediente secreto” por sua ajuda em reportar a caça furtiva e as redes de emalhar ilegais às autoridades.

Mas conservacionistas e autoridades alertam que ainda existem ameaças significativas, incluindo outras práticas de pesca ilegal envolvendo granadas, equipamentos eletrônicos e iscas venenosas.

Grandes projetos de infraestrutura, como represas no Laos, também colocam em risco a frágil recuperação dos animais.

Eng Cheasan, diretor da administração pesqueira do Camboja, elogiou os golfinhos como um “tesouro nacional” e disse que o governo está empenhado em “eliminar todas as ameaças à sobrevivência dessa espécie”.

O Camboja abriga a maior população de golfinhos Irrawaddy, que também podem ser encontrados em rios e lagos em Mianmar, na Indonésia, na Índia e na Tailândia.

Jornal VER7 – Ameaçados golfinhos do rio Camboja fazendo rebote “histórico”
5 (100%) 1 vote[s]

# Caik

Caik é jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo