DestaqueManchetesMundo

Jornal Ver 7 – Governo da Bulgária enfrenta voto de desconfiança sobre cuidados de saúde

O principal partido de oposição da Bulgária apresentou uma moção de desconfiança no governo do primeiro-ministro Boyko Borissov na segunda-feira, dizendo que não conseguiu reformular o setor de saúde.

Esta é a terceira tentativa do Partido Socialista (BSP) de derrubar a coalizão governista neste ano e, como as anteriores, é provável que ela fracasse, já que o governo de centro-direita tem uma pequena maioria no parlamento.

Os socialistas, que têm 79 assentos no parlamento de 240 lugares, não conseguiram o apoio de nenhum outro partido.

Seu líder, Kornelia Ninova, disse que o BSP queria sublinhar o péssimo estado dos serviços de saúde no país dos Bálcãs e o fracasso do governo, em exercício desde maio de 2017, em melhorar a situação.

“Centenas de milhares de búlgaros não podem receber tratamento médico porque não têm acesso a um médico ou hospital ou não têm dinheiro para tratamento”, disse Ninova a repórteres.

Os socialistas também apontaram para o êxodo de médicos e enfermeiros no exterior devido à baixa remuneração no domicílio, à gestão ineficiente e aos altos níveis de endividamento dos hospitais estaduais e municipais.

A moção chega em um momento em que o Ministério da Saúde abriu um debate público sobre as reformas necessárias para melhorar os serviços de saúde.

“Vimos que o modelo apenas com o fornecimento de mais dinheiro não é suficiente, talvez o sistema precise de um reinício e nós encontraremos a fórmula certa”, disse Alexander Ivanov, um legislador do partido governante centro-direita GERB.

A proposta deve ser debatida e votada nesta semana ou na próxima, disse ele.

Jornal Ver 7 – Governo da Bulgária enfrenta voto de desconfiança sobre cuidados de saúde
5 (100%) 1 vote
Tags

# Hamilton Sousa

Hamilton Sousa é jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *