Jornal de Goiás- Democratas farão maior evento até o momento de corrida eleitoral de 2020 nos EUA

Dezenove pré-candidatos presidenciais democratas irão ao Estado norte-americano do Iowa neste final de semana para o maior evento político do ciclo eleitoral de 2020 até o momento, dando ímpeto à disputa pela Casa Branca antes dos debates e de um prazo final essencial para a arrecadação de fundos no final do mês.

O jantar da filial estadual do partido, a ser realizado no domingo, dará aos eleitores do Iowa, onde começa a disputa pelas indicações em fevereiro, uma chance precoce de comparar os concorrentes e testar o poder organizacional das equipes de campanha ainda em formação.

O evento encerra um final de semana que incluirá aparições dos pré-candidatos em todo o Estado e um fórum entre eles no festival Pride de Des Moines no sábado.

“Esta deveria ser uma boa oportunidade para as pessoas não somente analisarem os candidatos em um certo ambiente, mas também para verem como eles falam de assuntos que afetam o Estado do Iowa”, disse Troy Price, presidente do Partido Democrata do Iowa.

Os 19 pré-candidatos que comparecerem ao jantar em Cedar Rapids terão cinco minutos cada para fazer um discurso a mais de 1.400 convidados. O ex-vice-presidente Joe Biden, o democrata mais bem posicionado nas pesquisas de opinião, não comparecerá, mas fará campanha no Iowa mais tarde nesta semana.

Os convites para o jantar foram oferecidos para compra a todas as campanhas, o que significa que as organizações mais bem financiadas poderão exibir sua musculatura. Os organizadores também esperam que muitos ativistas sem filiação apareçam para estudar os postulantes.

Vários deles, como os senadores Cory Booker e Kamala Harris, farão comícios ou eventos antes do jantar. O senador Bernie Sanders comandará uma marcha de funcionários do McDonald’s e outros defensores do salário mínimo de 15 dólares por hora ao jantar.

O evento dá início a um mês movimentado, incluindo outra reunião de pré-candidatos a 2020 na tradicional peixada do deputado Jim Clyburn na Carolina do Sul, os primeiros debates nas noites de 26 e 27 de junho e o prazo trimestral de arrecadação de fundos do final do mês, que revelará a viabilidade financeira de cada campanha.

“Junho é um mês crucial”, disse Matt Paul, ativista veterano do Iowa e diretor estadual de Hillary Clinton nas convenções primárias de 2016. “Há alguns eventos políticos especiais neste mês”.

Os democratas que se enfrentam para poder disputar a Casa Branca com o presidente republicano Donald Trump em novembro de 2020 têm visitado o Estado desde janeiro, mas esta será a primeira oportunidade dos moradores de avaliarem tantos deles lado a lado.

Avalie esta postagem

# Reuters

Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo