Jornal de Goiânia – Moro vai à Câmara defender manutenção do Coaf na Justiça

O ministro Sérgio Moro participou nesta quarta-feira (8) de uma audiência na Comissão de Segurança Pública, da Câmara dos Deputados. Moro aproveitou a oportunidade para defender a manutenção do Coaf, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras, sob o comando do Ministério da Justiça e Segurança.

Está em discussão, no Congresso Nacional, se o conselho deve voltar para o Ministério da Economia.

Moro disse que ao chegar ao governo não pediu para o Coaf ficar na estrutura do ministério, mas que agora acredita que ele é estratégico para combater a corrupção e o crime organizado.

Sérgio Moro argumenta que o Coaf não era tão utilizado no Ministério da Fazenda e defende a integração do conselho a outras entidades, como a Polícia Federal, policiais estaduais e ministérios públicos.

O ministro da Justiça também rebateu críticas aos decretos que flexibilizam a posse e o porte de armas e ao projeto anti-crime. Moro respondeu ao autor do requerimento da audiência, Marcelo Freixo, do PSOL do Rio de Janeiro, sobre o tratamento dado às milícias.

O deputado Marcelo Freixo rebateu as repostas do ministro.

Sobre os decretos que flexibilizam o porte e a posse de armas, Sérgio Moro alegou que não se trata de uma política de segurança pública, mas um ato para atender os anseios de parte dos eleitores do presidente Jair Bolsonaro.

Mostre mais

# EBC

EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo