DestaqueManchetesMundoPolítica

Jornal de Goiânia – Governo de El Salvador expulsa diplomatas nomeados por Maduro Redação

O governo de El Salvador ordenou a saída do país dos representantes diplomáticos venezuelanos nomeados pelo governo venezuelano de Nicolás Maduro.

O comunicado divulgado pelo Twitter do presidente salvadorenho, Nayib Bukele, dá um prazo de 48 horas para os diplomatas venezuelanos deixarem El Salvador.

Bukele também informou que San Salvador reconhece como presidente encarregado da Venezuela o presidente da Assembléia Nacional, o deputado da oposição Juan Guaidó.

O texto defende que a decisão de expulsar os diplomatas designados por Maduro é “coerente” com as declarações de Bukele nas quais ele não reconhece a legitimidade do governante venezuelano.

O governo Bukele anunciou que “reconhece a legitimidade do presidente encarregado, Juan Guaidó”, até que sejam realizadas eleições livres, de acordo com a Constituição da Venezuela.

“Num futuro próximo, o governo salvadorenho aguarda o recebimento de credenciais da nova representação diplomática da Venezuela”, afirmou o comunicado.

O texto conclui afirmando que El Salvador “apoiará o voto livre, supervisionado pela comunidade internacional e que garanta a vontade do povo irmão da Venezuela”.

Tags
Mostre mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar