DestaqueManchetesMeio AmbienteMundoPolítica

A ativista Greta Thunberg chega a Madri para participar à cúpula do clima

A ativista adolescente Greta Thunberg chegou a Madri nesta sexta-feira de trem para participar de uma reunião de líderes mundiais que, segundo ela, não estão conseguindo combater as mudanças climáticas.

Em pouco mais de um ano de ativismo, Thunberg inspirou manifestantes jovens em um movimento global exigindo ações para enfrentar o aquecimento global que, segundo cientistas do clima, pode colocar em risco a sobrevivência das sociedades industriais.

Ao descer do trem noturno Lusitania, na estação ferroviária de Chamartín, na capital espanhola, a sueca de 16 anos concluiu uma viagem organizada às pressas, incluindo uma travessia de catamarã de 21 dias pelo Atlântico, para uma conferência da ONU originalmente planejada para ocorrer em Santiago, no Chile.

Thunberg foi recebida por uma multidão de repórteres, mas não falou quando saiu do trem.

“Consegui chegar a Madri nesta manhã! Acho que ninguém me viu… De toda forma, é ótimo estar na Espanha!”, escreveu Thunberg no Twitter depois de deixar a estação.

O Lusitania, que opera diariamente, é o único trem direto entre Lisboa e Madri e leva nove horas para viajar durante a noite entre as duas capitais.

A cúpula anual começou na segunda-feira com um alerta do secretário-geral da ONU, António Guterres, para que esta não seja a “geração que brincava enquanto o planeta queimava”.

Thunberg deve participar de um protesto e fazer um discurso mais tarde em Madri nesta sexta-feira.

Tags
Mostre mais

# Reuters

Reuters

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar